Postagens populares

domingo, 3 de abril de 2016

CÂNCER DE MAMA E DESINFORMAÇÃO

MEDO, SILÊNCIO, (DES) INFORMAÇÃO
AVISO: Câncer de mama tem tratamento e cura! Você precisa deste toque! Uma consulta anual e olho nas mamas! Viva la vita! QUATORZE ANOS DE CURA! 

Marina da Silva

 Medo, silêncio e desinformação são os principais AMIGOS...da doença! E posso falar de cátedra: Marina da Silva, mulher, 5.2, uma filha, atualmente sem um hamster, não sou mais avó de um mico, Eric, presente de natal da avó para a neta e morto de causa desconhecida. Eric habitava a minha cozinha/área de serviços, onde ainda viveu um coelhinho preto e branco, atleticano doente Galo doido, vários pássaros e por último um cãozinho Pastor alemão!
Aos 38 vítima do câncer de mama: perdi toda a mama direita, músculo peitoral, fiz esvaziamento axilar, reconstrução da mama, quimioterapia, radioterapia, fisioterapia, psicoterapia e terminei agora em março de 2008 a hormonioterapia.

Quase morri literalmente de m-e-d-o!! Medo da doença, do nome da doença, de hospitais, clínicas, dos outros doentes, dos casos sobre a doença. Detalhe: todo mundo conhece um caso de câncer e a maioria apavora tendo ou não final feliz como o meu.
E ainda, medo do pré-cirúrgico, da cirurgia, do pós-cirúrgico, da radio, da quimio. Medo de morrer, medo de faltar à minha filha, ao marido, à família. Medo de não estar curada, medo da doença voltar na outra mama ou em outro lugar, medo de não poder voltar a trabalhar, de não poder estudar, medo de engravidar.
O medo me trancou em casa, afastou-me das pessoas, calou-me por um bom tempo. Mas venci-o, ou quaaaase! Não apanho tanto como antes e estou lutando para romper o silêncio, aconselhando as mulheres próximas a mim, publicando um diário: Câncer de mama: de como quase morri...de medo! Está a venda na www.amazon.com.br. Vivo pesquisando, informando, tagarelando com quem quiser ouvir-me sobre a importância do comportamento preventivo: buscar antecipar-se à doença fazendo as consultas, os exames indicados e o auto-exame mensal das mamas.
Eu e minha super filha, Amanda, que me ajudou muito no caminho da cura e durante a grave crise de depressão. Gratidão eterna a minha filha e ao meu ex-marido que cuidaram muito de mim! Usei uma linda peruca roxo-beterraba. kkkkk

Ainda escrevo em blogs desde 2006 para trocar idéias, ajudar com informações, responder as dúvidas das mulheres tais como:

* Ter medo é normal?
* Por que todas temem o auto-exame?
* Enfrento sozinha tipo mulher maravilha ou peço ajuda?
*Família ajuda ou atrapalha?
*Como ajudar minha mãe, minha filha, minha amiga?
* Homem ajuda ou atrapalha?
*E o sexo, como é que fica? E todas as dúvidas que assolam a mente humana quando o assunto é câncer e que não são poucas.

Deixo aqui alguns sites úteis para se obter informações seguras e confiáveis sobre a doença, tipos de tratamento, direitos, dicas, etc. Pior que a desinformação é a informação errônea. 
Informe-se sempre com os médicos, fique em dia com as consultas ao ginecologista e mastologista e não desista da fila do SUS ou da amarração dos planos de saúde picaretas.
Natal 2015: e meu diamante preciosíssimo!

E lembre-se: nem todo tumor é câncer e o câncer quando descoberto no estágio inicial, ou nem tão inicial como o meu [carcinoma invasivo] tem chances de cura total!  Também existe vida, e todos estão liberados para viver no perrengue com bom humor, fé em Deus, foco só nos pensamentos positivos e no salto alto! Abç. Marina.

www.ibcc.org.br Instituto Brasileiro de Controle do câncer .
www.sbmastologia.com.br Sociedade Brasileira de Mastologia.
www.inca.gov.br. Instituto Nacional de controle do Câncer
www.oncoguia.com.br tudo sobre direitos do paciente