Postagens populares

sábado, 15 de outubro de 2016

CÂNCER DE MAMA NÃO É SENTENÇA DE MORTE

                        #SEAME :                   UM TOQUE DE                               AMOR 

Cristiane Bittencourt
  


Boa tarde mulheres de garra e coragem! Meu nome é Cristiane Bittencourt, descobri o câncer de mama em 2012 aos 31 anos. Antes de ter o resultado da biópsia, em maio de 2011 em um controle com ginecologista mostrei o nódulo pequeno entre a minha mama e axila ao médico e no apalpar informou que não era nada, pois o nódulo cancerígeno é fixo, não se movimenta de um lado para o outro. Até aqui, beleza! Após 5 meses senti que o nódulo havia crescido e estava dolorido, então resolvi procurar um outro profissional da saúde (SUS) onde só de olhar já se preocupou e me pediu com urgência todos os exames necessários (mamografia, ultrassom da mama e punção) e um encaminhamento para um mastologista para uma melhor conclusão. O resultado da punção deu negativo para malignidade, mas com todo cuidado e atenção o médico me solicitou a core-biopsy para não correr risco de errar mais uma vez. Foi aí que veio o diagnóstico conclusivo de um CA de mama ductal invasivo - grau III. A partir daí começou todas as etapas do tratamento contra o câncer. Foram 06 quimioterapias (vermelhas) + 12 (brancas). Iniciei em fevereiro e terminei final de Junho. Graças a Deus não tive enjoos, pois os remédios não deixaram ter vômitos. Após o 3º dia da quimio me sentia bastante prostRada, sem ânimo e sem fome, mas depois de uma semana já estava ao normal novamente. Foi assim durante 6 meses (21 em 21 dias a vermelha e semanal a branca). Logo em seguida veio a cirurgia de quadrantectomia(retirada parcial) acompanhada de esvaziamento axilar com retirada de 17 linfonodos, sendo 5 comprometidos. Tive que fazer 40 sessões de fisioterapia para ajudar na recuperação, pois devido a retirada dos linfonodos, o braço teve algumas limitações, e para finalizar o tratamento precisaria levantar os braços até uma determinada altura para fazer as 30 sessões de radioterapia. E assim foi o ano de 2012, me tratando e correndo atrás da minha cura, e graças a Deus, a minha família e amigos consegui alcançar a VITÓRIA. Hoje após 04 anos, faço meu controle semestral não esquecendo de me tocar e conhecer o meu corpo, pois foi através do meu auto exame que descobri a tempo e hoje estou aqui cheia de vida para dar meu testemunho a todas as mulheres.
#cancernãoésentençademorte
#seame,setoque,secuide!

https://www.facebook.com/Toque-de-Amor-1557256494493452/?fref=ts
Se você é paciente oncológica acesse o nosso grupo no facebook: Toque de Amor para receber apoio de quem sabe muito bem o que é enfrentar um Câncer.
Abraços!!!! Vida que segue!!!!!!