Postagens populares

quinta-feira, 23 de junho de 2016

CÂNCER: FRAGILIDADE X CHARLATANISMO. CURAS MILAGROSAS!


A  cura da babosa  E EU!
www.google.com.br/images. Babosa é conhecidíssima como a planta da saúde e da beleza dos cabelos. A babosa é hidratante (máscaras capilares, banho de babosa, xampús), amacia, dá brilho e combate a queda auxiliando o crescimento dos cabelos!


Marina da Silva


Pessoas abaixo de trinta anos provavelmente nunca viram ou ouviram falar da babosa e se viram a planta foi em foto ou desenho em algum pote de creme para cabelo a base de Aloe Vera.
É isso mesmo Aloe Vera: está nos xampus, sabonetes, cremes hidratantes para pele, creme para hidratação de cabelos, etc.
www.google.com.br/images. Há uma gama enorme de produtos a base do aloe vera, mais conhecida como babosa.

Eu conheço a babosa de pertinho; tinha no fundo do quintal lá de casa e em qualquer quintal ou mato da minha cidade e a usava para dar banho de brilho nos cabelos. Tirava os espinhos nas laterais, abria e raspava aquele gel muito parecido com catarro, baba gosmenta de boi. É por isso que popularmente a planta chama-se babosa, por causa da meleca babosa que é uma beleza para os cabelos. 
Resultado de imagem para babosa no cabelo
www.google.com.br/images. Uma maravilha para os cabelos, excelente para cachos.


Fofoca: hoje em dia, raramente alguém dá banho de brilho ou hidrata cabelos com abacate, babosa ou qualquer coisa "in natura". Usamos cremes e outros produtos industrializados, mas...Tom Cruise o gato lindo do cinema, paga uma fortuna por um banho de creme nos cabelos feito com – pasmem!- abacate, mamão e banana!!
www.google.com.br/images. Tom Cruise. Segredo deste belo cabelo? Banho de creme com frutas naturais para hidratar e dar brilho.

Então quando me deram a receita da babosa [ durante a quimioterapia, 14 anos atrás] achei que não tomaria jamais aquela coisa nojenta com mel e cachaça! Mas...peguei a receita! Três folhas de babosa, meio litro de mel, três colheres de bebida destilada da boa (uísque, vodka e até mesmo cachaça)!
Durante a quimioterapia, os enjoos eram tão terríveis que só de pensar no mel me dava ânsias. E o médico ainda tinha me dado uma lavada na cara[ chorava até mais não e morria de medo da quimio, da clínica, do hospital Belo Horizonte, da avenida, de tudo]. 
Lá pela terceira/quinta sessão, de novo me veio a cura da babosa: duas folhas do mesmo tamanho com mais de cinco anos, meio quilo de mel, duas colheres de bebida destilada, qualquer uma de qualquer marca. E a cada receita que pegava, impressionava-me como a quantidade dos ingredientes mudava. Era aquela velha história: quem conta um conto aumenta um ponto!
Então era uma, duas, três, quatro folhas, um metro de folhas enfileiradas, um litro de mel, meio quilo de mel, 2,3,4 colheres de bebida destilada... Achei melhor terminar a radioterapia.

Numa das visitas a minha terra, fui ver uma prima que teve câncer duas vezes e tirou as mamas. Ela não só me deu a receita, como tinha uma garrafada na geladeira e me ensinou um ritual para o preparo da beberagem: três ou quatro folhas de babosa ou um metro de folhas enfileiradas, colhidas à noitinha, limpas com um pano de prato, picadas e misturadas com meio litro de mel e duas a três colheres de cachaça e tudo batido no liquidificador, guardado na porta da geladeira e tomado três vezes ao dia, durante dez dias, aí dá uma parada e volta tudo de novo.
Gravei tudo de cabeça, escrevi num papelzinho e resolvi pesquisar na internet sobre a cura da babosa. Lá descobri o livro “Câncer tem cura” de Frei Romano Zago e lendo-o percebi que nem ele tinha a receita correta. Minha prima como eu, recebeu a receita logo depois do diagnóstico do câncer, fez mastectomia radical e quimio e tomou a beberagem conforme o indicado. Disse-me que o negócio deu uma boa limpada por dentro. Uns sete anos depois teve câncer na outra mama, fez mastectomia radical, radio e hormonioterapia e toma até hoje as garrafadas de babosa. CONFESSO: CHEGUEI A TOMAR DA GARRAFADA DA MINHA PRIMA! ARGHHHHH!
Como diz Dr. Eduardo, a gente faz umas loucuras, mas é que um diagnóstico de câncer deixa qualquer um pirado! Depois que conversei com minha prima desisti da babosa, e pesquisando descobri que não há nada sobre seu poder de cura de CÂNCER  comprovado cientificamente. SÓ BUCHIXOS! DE CÂNCER A BICHO DE PÉ A BABOSA CURA TUDO se você pesquisar dotô google!


www.google.com.br/images.TEM CARA E CHEIRO DE...GOLPE! Pensou cura do câncer néh? kkkkkk

2001: QUATORZE ANOS ATRÁS A CURA DO CÂNCER, QUALQUER TIPO DE CÂNCER [E DO CHULÉ] ERA ATRAVÉS DA BABOSA/MEL/CACHAÇA; CHÁ DE CAVALINHA; CHÁ E SUCO DE GRAVIOLA.
www.google.com.br/images. Eis o Frei Romano Zago e o livro.


Booooooora ganhar dinheiro com a fragilidade dos pacientes de câncer? Existem várias empresas vendendo o remédio do frei, mas a maioria compra na mão de qualquer um uma garrafada genérica. Lá vai dinheiro jogado fora!



2015:QUATORZE ANOS CURADA PELO TRATAMENTO MÉDICO: CIRURGIAS, QUIMIO, RADIO, HORMONIOTERAPIA E TRATAMENTO DA CABEÇA COM PSICOLÓGO E PSIQUIATRA EU DOU DE CARA TODOS OS DIAS, TODOS ESTES ANOS COM A CURA DA BABOSA, GRAVIOLA, CAVALINHA E AGORA TEMOS...
CURA DO NONE, CURA DO AVELOZ, CURA DA BABOSA E O MAIS PODEROSO CURADOR DE BICHO-DE-PÉ, CHULÉ, CECÊ E CÂNCER...Fosfoetanolamina (PARECE MISTURA DE caixa de FÓSFORO, ETANOL E AMINA)!

Mosaico a partir de www.google.com.br/images. Eu tentei algumas destas plantas, MAS NÃO LARGUEI MINHA CURA! FIZ TODO O TRATAMENTO MÉDICO AOS TRANCOS E BARRANCOS E DANDO UNS PITIS.rsrsrs CURADA HÁ 14 ANOS. OBRIGADA JESUS! OBRIGADA DEUS!


Conselho: se você tiver um diagnóstico de câncer, muitas curas milagrosas vão cair nos seus braços, MAS, NÃO ABANDONE O TRATAMENTO MÉDICO. Reze, ore, lamente, tome os chás e tente evitar as garrafadas, lembre-se que estes remédios caseiros podem alterar a ação dos medicamentos da quimio (E EU SEI QUE VOCÊ TOMARÁ MESMO CONTRARIANDO ORDENS MÉDICAS), mas o tratamento do câncer tem que ser levado a sério! Cirurgias, quimioterapia, radioterapia, hormonioterapia _ siga as orientações médicas.  SE USAR QUALQUER DESTAS CURAS AVISE SEUS MÉDICOS DA ONCOLOGIA! Um grande abraço. Marina da Silva.



Sobre o livro: “Câncer tem cura! Frei Romano Zago, OFM. 13ª edição. Editora vozes, 1997. Petrópolis, RJ. 
 Ver: sobre a incerteza das quantidades dos ingredientes na pág. 42.
NÃO RECOMENDO LEITURA NEM COMPRA!

SE QUISER SABER SOBRE COMO É PASSAR O PERRENGUE CÂNCER: COMPRE MEU LIVRO NA www.amazon.com.br  

bju e pandiquejú!