Postagens populares

sexta-feira, 11 de novembro de 2016

CÂNCER: A RADIOTERAPIA


RADIOTERAPIA

Resultado de imagem para radioterapia
www.google.com.br/images.
                                                                                  Marina da Silva

O QUE É RADIOTERAPIA?
De acordo com o INCA:


"A radioterapia é um método capaz de destruir células tumorais, empregando feixe de radiações ionizantes. Uma dose pré-calculada de radiação é aplicada, em um determinado tempo, a um volume de tecido que engloba o tumor, buscando erradicar todas as células tumorais, com o menor dano possível às células normais circunvizinhas, à custa das quais se fará a regeneração da área irradiada. As radiações ionizantes são eletromagnéticas ou corpusculares e carregam energia. Ao interagirem com os tecidos, dão origem a elétrons rápidos que ionizam o meio e criam efeitos químicos como a hidrólise da água e a ruptura das cadeias de ADN. A morte celular pode ocorrer então por variados mecanismos, desde a inativação de sistemas vitais para a célula até sua incapacidade de reprodução. A resposta dos tecidos às radiações depende de diversos fatores, tais como a sensibilidade do tumor à radiação, sua localização e oxigenação, assim como a qualidade e a quantidade da radiação e o tempo total em que ela é administrada. 
Para que o efeito biológico atinja maior número de células neoplásicas e a tolerância dos tecidos normais seja respeitada, a dose total de radiação a ser administrada é habitualmente fracionada em doses diárias iguais, quando se usa a terapia externa."



Resultado de imagem para radioterapia
www.google.com.br





A radioterapia é uma etapa do tratamento do câncer. Pode vir associada à quimioterapia, isto é, os dois tratamentos podem ser feitos ao mesmo tempo;  a radioterapia pode ser feita após a quimioterapia ou pode ser a segunda etapa do tratamento após cirurgia(s) para os pacientes que não necessitarem da quimio ou ainda pode ser a primeira fase antes de cirurgia(s) ou até mesmo só a etapa necessária de todo o tratamento!
Eu não dei conta de fazer quimio e radio simultaneamente; fiz a etapa cirúrgica, depois 6 quimios vermelhinhas com intervalos de 21-28 dias e 28 sessões de radioterapia de segunda à sexta, com algumas interrupções devido quebra ou defeitos no aparelho!
Tudo dependerá de cada caso e da avaliação feita pelo(s) médicos(as). Cada paciente tem um  protocolo único prescrito pelos seus médicos(as).

O tratamento é indolor.

Mentira? Não. É exatamente isto!


Resultado de imagem para radioterapia cancer de próstata
www.google.com.br/images


E aquele papo de ser “bombardeado”, das terríveis queimaduras, da pele que fica vermelha ou preta? É tudo verdade!
Realmente somos “bombardeados” e este é o termo usado pelos médicos, técnicos, auxiliares de enfermagem. Mas não há mísseis, bombas ou traques. É apenas uma linguagem técnica. Um aparelho cujas partes cilíndricas e a mira lembram um canhão fornece a linguagem aos profissionais.

Resultado de imagem para radioterapia
www.google.com.br/images


A área doente é marcada pelo médico com um corante especial e é bombardeada por raios. O material usado no tratamento emite radiações como o cobalto, césio, rádio, urânio etc. o local fica avermelhado, escurece, devido às queimaduras provocadas pela radiação.
Se você já ficou alguma vez na vida estirada ao sol do meio-dia às três da tarde, sem protetor solar, entenderá perfeitamente o desconforto da radioterapia.

Resultado de imagem para radioterapia marcações de áreas
www.google.com.br/images


Os cuidados são importantes e estão ligados à hidratação, tanto interna quanto externa, e são essenciais para evitar ou amenizar algum desconforto. Tomar bastante líquidos e usar um bom creme hidratante na área umas três vezes ao dia é o que o médico indica. Eu usei hidratante super intensivo para pele seca, duas vezes por dia.
Quanto ao escurecimento da pele, depende do tipo de pele e ao final do tratamento a pele volta ao normal. Minha pele escureceu pouco e voltou ao que era bem rapidinho ao término das sessões. Tive algumas bolhas, mas não as estourei, deixei que o próprio organismo fizesse seu serviço de absorção e recuperação. NÃO ESTOURE AS BOLHAS NUNCA! RISCO DE INFECÇÕES!

Resultado de imagem para radioterapia marcações de áreas
www.google.com.br/images


O único “problema” é a baixa de leucócitos que pode levar a interrupção do tratamento por alguns dias. De resto, é “mamão com açúcar”! Falo assim porque, para mim que  passei pela cirurgia, quimio, CTI, embirutei e tal, passar pela radioterapia quase foi moleza! rsrsrs Claro que dei uns vexames, paguei mico e sucumbi ao cansaço geral e o cansaço que dá a radio; os médicos chamam de fadiga oncológica e o corpo só pede cama! Pediu cama?Booooooora descansar, alimentar-se o melhor que poder: sucos verdes, suco de inhame com limão, sucos de laranja, limão com hortelã ou agrião, melancia, melão são ricos em água e refrescantes; banana é energética e combate as câimbras porque tem muito potássio e abuse da água para ajudar os rins a filtrarem resíduos do tratamento e ajudar a limpar o organismo! A radio fica um bom tempo no organismo! É fé em Deus, Jesus, Maria, anjos, santos, profetas, Buda, Alá ou os duendes da Xuxa e booooooora para a cura!
Ia esquecendo: assim como a quimio a radio deixa a gente meio caído, cansado e fracote. São defeitos colaterais do tratamento também!
importante: minha gente, tudo na vida PASSA e a radioterapia também! A radio é um passo essencial no caminho da cura então...AGUENTE FIRME! É FÉ EM DEUS e manda ver! bjin. Marina.